:: concurso :: projeto américa do sol ::

quarta-feira, abril 08, 2009 Ana Paula Barros 0 Comments

O Instituto Ideal, (Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas da América Latina), com sede em Florianópolis, Santa Catarina, tem o propósito de fomentar as energias renováveis e alternativas. Lançou o concurso para a escolha da marca para o projeto AMÉRICA DO SOL, que encerrou-se em 30 de março.

Esta foi a minha proposta apresentada:

:::::::::: DEFESA ::::::::::

Seguindo a diretiva fundamental do Projeto América do Sol que pretende transformar a América Latina no continente da energia solar, apresentando alternativas que tornem esta tecnologia competitiva utilizando-se de um elemento natural abundante e pouco aproveitado em nossa realidade, buscou-se ressaltar estas qualidades na proposta apresentada.

Houve a preocupação em não se utilizar símbolos convencionais como ícones que representassem o “sol”, pois acredita-se que uma marca deve comunicar visualmente os valores e atividades da instituição que representa. Visto o potencial turístico da América, utilizando-se o “sol” poderia remeter a algum projeto de incentivo ao turismo na região, valendo-se desta característica mundialmente conhecida.

Portanto, a proposta apresenta uma releitura das células fotovoltáicas como símbolo, pois esta é a primeira imagem que vem à memória quando mencionada “energia solar” e isto é um fator importante a se considerar. Este símbolo fortalece o objetivo do projeto em investir nesta tecnologia tornando-se referência mundial. A cor utilizada neste símbolo buscou reproduzir o que frequentemente observa-se em alguns telhados, inclusive com o reflexo da luz.


Ainda assim, não poderia deixar de considerar o elemento principal que é a luz solar. Optou-se por trabalhar com a cor amarela que transmite esta energia e destaca as palavras “projeto” e “sol”, dando vida à composição.

A família tipográfica Trebuchet MS, uma tipologia sem serifa humanista, criada na década de 90 por Vincent Connare para a Microsoft Corporation, foi escolhida por ser uma fonte moderna, com boa legibilidade e leitura. É uma fonte com um design limpo e claro, possuindo alguns pontos de destaque que lhe conferem peculiaridades como a “cauda” curvada em algumas letras como o “l” e o “a”, os pontos arredondados e os formatos do i e do j minúsculos.
Para concluir, a proposta buscou valorizar e enfatizar os objetivos do projeto por meio de uma composição simples e direta apresentando os elementos relacionados às atividades que serão desenvolvidas: a divulgação das vantagens e potencialidade da utilização de energia solar na América Latina.

:::::::::: ::::::::::

Neste link estão as propostas finalistas e a vencedora. Parabéns a todos os participantes!!

You Might Also Like